design-sprint-crescere design-sprint-crescere

Como o design sprint ajuda no desenvolvimento de produtos

2 minutos para ler

O mercado de tecnologia é tão maravilhoso, mas tão frenético. Você pisca e surgem novidades. A gente que lute para acompanhá-lo. (hahaha).

Essa demanda e competição no mercado de produtos gera uma onda gigante que promete arrastar aqueles que não souberem mergulhar de cabeça. É por isso que eu trouxe para você uma metodologia ágil que é uma ótima aliada no processo de desenvolvimento de produtos. Estou falando de Design Sprint.

O que é o design sprint?

O Design Sprint é um método desenvolvido no Google para testar ideias baseado em design, considerando a experiência do usuário (UX) como fator essencial para o sucesso de um produto. Utiliza-se a menor quantidade de recursos possível em um ambiente que se aproxime ao máximo da realidade. O Design Sprint pode ser aplicado para encontrar um produto mínimo viável (MVP) ou ser aplicado antes dele.

Leia também: Como se tornar um desenvolvedor

Como funciona o design sprint?

O Design Sprint foi elaborado para ser executado em 5 dias numa espécie de workshop, onde profissionais de produto ficam imersos com o objetivo de finalizar um protótipo testado e validado. O legal desse método é que ele é bastante adaptável, podendo ser executado em um período menor e com menos fases. Mas o recomendado é que nenhuma etapa seja pulada, apenas resumida. Em resumo a metodologia segue essas etapas:

1º Dia: Entender

Profissionais da empresa trocam suas visões sobre o negócio, usuários, tecnologias, concorrentes e métricas de sucesso do produto;

2º Dia: Desenhar

Os participantes individualmente geram ideias e esboços para solucionar o problema;

3º Dia: Decidir

Apresentação dos esboços, levantamento das hipóteses e finalização do conceito a ser prototipado;

Participe: Semana de Produto Crescere – Aulas gratuitas com especialistas do mercado!

4º Dia: Prototipar

A equipe coloca a mão na massa e trabalha na criação de um protótipo que seja o mais real possível para validar o conceito definido anteriormente;

5º Dia: Testar

Os usuários interagem com o protótipo para que a equipe colha os feedbacks e tenha a validação do produto.

Entendeu direitinho como o design sprint ajuda no desenvolvimento de produtos? Bom mesmo é a prática, não é? Então vem aprender essas e outras habilidades no Curso de Produto da Crescere. Para conhecer melhor basta clicar aqui.

Posts relacionados

Deixe um comentário